sábado, 8 de dezembro de 2007

Nas ladeiras do Rio


Com obras nos trilhos, moradores de Santa Teresa precisam fazer algumas ginásticas para ir às compras ou chegar em casa. Quem está no entroncamento das ruas do Oriente e Áurea e quer beber um chope no Bar do Gomes, por exemplo, tem que dar uma volta de dois quilômetros para chegar ao destino que fica a menos de cem metros adiante. Ao fazer o percurso hoje de manhã, deparei com o Morris aí da foto. Como estava na carona do meu cunhado apressadinho, não deu para fotografar na hora. E foi sorte porque quando voltei, à tarde, pude conversar rapidamente com o proprietário, sr. João Bosco, que se diverte consertando utilitários Peugeot velhuscos e saber uns pequenos detalhes do carro. O Morris do sr. João Bosco é um modelo Oxford de 1950, com arranque, imagine, de alavanca. Com placa de Nova Friburgo, dorme numa super-simpática ladeira do Rio de Janeiro, a rua Leopoldo Fróes. Não tem placa preta porque o sr. João Bosco não liga para esses divertimentos. Mas o carrinho bem que merecia, tiradas umas ferrugenzinhas que começam a habitar a lataria.

Um comentário:

walcy disse...

Pôxa, amigo Truda! Você não imagina a recordação da minha infância que esta foto do Morris do Sr. Bosco me trouxe. Em 1951 meu pai tinha um carro exatamente igual e grandes passeios foram feitos nele. Oh!Infância saudosa...
Parabéns pelo blog e um abraço do amigo Walcy Joannou