quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

Olha o avião!


Estava varrendo o terraço quando esses caras passaram assim como quem não quer nada e só tive tempo de pensar como seria bom se no lugar da vassoura eu tivesse uma câmera na mão. Felizmente o fotógrafo Ivo Gonzalez tinha a câmera e estava atento. O grande mestre Ruy Paneiro, incorrigível otimista, acredita que nesta foto está a metade da FAB. Para mim, não tem nem 1% se contar a turma que não voa!

3 comentários:

Anônimo disse...

Ah, belo post! Se eu ainda morasse na Goytacazes certamente faria um parecido: minha experiência de vida mais excitante foi acompanhar, quase na altura da vista, um show da Esquadrilha no Monumento aos Pracinhas! Já aqui em Santa, no terceiro andar do meu prédio, ainda era observadora frequente do céu. Agora, enfiada no térro, fundos, perdi esse maravilhoso hábito! Pelo menos há silêncio. Se bem que tem um gato e uns passarinhos... barulhentos!

mari

Truda disse...

Mas o Ruy tem razão quando diz que naquela foto temos a metade da FAB. Acho que ele estava se referindo ao equipamento, não ao pessoal.

Bia Badaud disse...

Ei, não menospreze a FAB. Estamos mal equipados sim, mas com hospital de campanha lá no sul; estamos em missão médica na amazônia; resgatamos refugiados brasileiros em outros países como foi feito no Líbano em 2006; fazemos missões de guarda das fronteiras e o Correio Aéreo Nacional, tudo com aviões que não estão nessa foto.